Etapas e Benefícios do Manual de Boas Práticas para Restaurantes

Etapas e Benefícios do Manual de Boas Práticas para Restaurantes

O Manual de BPF (Boas Práticas de Fabricação) é uma exigência da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), ou seja, é uma ferramenta obrigatória nos estabelecimentos produtores e manipuladores de alimentos e a sua não implantação pode resultar em advertências e multas aplicadas pela ANVISA.

Estabelecer o Manual de BPF é essencial para manter a vitalidade de um restaurante, afinal não há como gerenciar algo que não se tem controle. Todo estabelecimento precisa de procedimentos para controlar os gastos e reduzir os desperdícios, padronizar os procedimentos rotineiros e garantir a qualidade higiênico-sanitária dos alimentos.

Etapas do Manual de Boas Práticas de Fabricação

A elaboração e implementação de um Manual de BPF passa por três etapas: diagnóstico, correção e elaboração.

1ª Etapa: Diagnóstico do estabelecimento

É realizado o levantamento das operações, desde a chegada do produto até as condições de armazenamento e produção, e também de todos os aspectos higiênico-sanitários exigidos pela ANVISA.

2ª Etapa: Correção das não conformidades

Após o levantamento das condições de operações e de ter as não conformidades detectadas, é traçado um plano de correção das irregularidades. É planejado também a capacitação dos funcionários, para que possa ser garantido a efetividade do serviço prestado, obtendo melhorias no estabelecimento.

3ª Etapa: Elaboração do manual

Nesta etapa é elaborada uma cartilha com a padronização de todas as etapas dos procedimentos (POPs – Procedimentos Operacionais Padrão) e a forma que devem ser executados, garantindo a qualidade do serviço ao consumidor e o cumprimento da legislação.

Após estas etapas, o Manual de BPF está finalizado e disponível para instruir todos os colaboradores do estabelecimento. Em posse deste documento, qualquer pessoa, experiente ou não, tem informações suficiente para se adaptar aos padrões da empresa, possibilitando que todo o processo de fabricação seja de qualidade para os clientes.

 

Benefícios do Manual de Boas Práticas de Fabricação

A implementação do Manual de BPF acarreta muitos benefícios para restaurantes e estabelecimentos semelhantes, como lanchonetes.

Redução de desperdício

Com o mapeamento dos procedimentos do restaurante, evitam-se desperdícios de matérias-primas, gerando economia de gastos financeiros do estabelecimento.

Conservação correta da matéria-prima e dos produtos preparados

O armazenamento compreende a conservação de produtos e ingredientes em um ambiente que proteja sua integridade e qualidade. Produtos preparados em restaurantes e matérias-primas devem ser armazenados, segundo o Manual de BPF, de modo a impedir a contaminação, a proliferação de micro-organismos e proteger contra a alteração ou danos da embalagem.

Durante todo o período do armazenamento, deve ser exercida uma inspeção sistemática dos produtos, a fim de que somente alimentos aptos sejam oferecidos ao consumo humano e sejam cumpridas as especificações de armazenamento de cada substância.

Serviço padronizado, executando com rapidez e qualidade

Com o Manual de BPF é possível obter a padronização do seu produto. Ou seja, a qualidade dos alimentos servidos vai ser consistente e invariável. Assim, você não vai decepcionar o seu cliente quando ele for ao seu restaurante a procura de um produto específico que ele já conhece e sabe que é bom. Além disso, o Manual de BPF gera melhoria na organização do estabelecimento, aumentando a produtividade e diminuindo o tempo de execução dos serviços.

Proteção à saúde da população

O Manual de BPF evita falhas que podem causar contaminações, proliferações de bactérias e doenças provenientes de alimentos mal manipulados.

A área de preparação do alimento deve ser higienizada quantas vezes forem necessárias e imediatamente após o término do trabalho. As precauções para impedir a contaminação dos alimentos causada por produtos saneantes, pela suspensão de partículas e pela formação de aerossóis são previstas no Manual.

Cumprimento da legislação e do alvará sanitário junto à ANVISA

Todo serviço de alimentação deve ser previamente licenciado pela autoridade sanitária competente estadual, distrital ou municipal, mediante a expedição de licença de licença ou alvará cumprindo as determinações da ANVISA. O Manual de BPF auxilia no enquadramento às normas impostas pela autoridade ao estabelecimento.

Estes são apenas alguns dos muitos benefícios que o Manual de BPF gera ao estabelecimento, promovendo sua rentabilidade e conferindo credibilidade junto aos seus clientes.

Ainda tem dúvidas sobre o Manual de BPF?

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o Manual de Boas Práticas de Fabricação, entre em contato conosco. Estamos disponíveis para tirar as suas dúvidas e elaborar o Manual de BPF para o seu estabelecimento.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *