Entenda a importância do tratamento de efluentes

Entenda a importância do tratamento de efluentes

Efluente é o resíduo líquido que sai no decorrer de um processo industrial. Apresenta-se como matéria orgânica ou inorgânica, em suspensão ou dissolvida, como micro-organismos, metais pesados, etc. Em seu tratamento passam por uma série de processos físicos, químicos e biológicos conforme a natureza dos poluentes a serem removidos que possibilitam o descarte seguro do efluente. 

Mas, afinal, qual a importância de tratar os efluentes?

A necessidade de tratamento de efluentes está diretamente relacionada com a escassez e a contaminação de água potável. Segundo estimativas do Ministério do Meio Ambiente, as indústrias respondem por cerca de 22% do consumo total de água. É fundamental, portanto, que as indústrias reutilizem a água resultante de seus processos, pois além de reduzir o impacto ao meio ambiente (a contaminação de solos e águas superficiais, por exemplo), reduz os custos na produção. Ou seja, ao reutilizar o efluente resultante, evita-se não somente o desperdício como possíveis novos gastos.

            No caso do esgoto doméstico, que é composto por toda a água e resíduos de encanamentos de casas e estabelecimentos comerciais, a falta de tratamento pode causar a proliferação de inúmeras doenças parasitárias e infecciosas como resultado. Segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS – 2018) apenas 46% do esgoto produzido no país é tratado. Assim, implementar um sistema de tratamento de efluentes permite um contexto mais saudável e apropriado de controlar os resíduos gerados.

            Além disso, a importância do engajamento com o meio ambiente é um fator de extrema importância para os seus clientes. A alta concorrência do mercado, a pressão do cliente e a estratégia de competitividade são exemplos dos motivos que levam uma empresa a ser comprometida com a sustentabilidade. Uma gestão ambiental eficiente em uma empresa leva a publicidade positiva e aumenta a sua competitividade no mercado.

            Nesse sentido, como apontado anteriormente, o tratamento de efluentes se apresenta como essencial para o bom funcionamento de uma empresa. Porém, apesar disso, não é uma tarefa fácil. É fundamental que eles sejam caracterizados, quantificados e tratados de maneira adequada para o descarte.

É importante destacar que a legislação brasileira define que as indústrias são responsáveis pelo tratamento de seus efluentes de acordo com os padrões de cada efluente tratado. Caso contrário, há leis e decretos de defesa do meio ambiente que multam e penalizam através de órgãos ambientais.

Agora que você já entendeu a importância de tratamento de efluentes, caso queira mais informações ou gostaria de realizar um projeto, entre em contato com a Conpleq e marque uma reunião sem compromisso.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *