Importância da segurança no ambiente de trabalho

Importância da segurança no ambiente de trabalho

A segurança no trabalho não é apenas um conceito abstrato ou um gasto a mais para a sua empresa, mas sim, um meio de garantir o bem-estar e a saúde dos seus funcionários, garantindo também, um bom funcionamento do seu negócio. 

O acidente de trabalho caracteriza-se por uma interação direta, repentina e involuntária entre a pessoa e o agente agressor em curto espaço de tempo. Esse tipo de acidente está relacionado aos riscos ocupacionais, ou seja, aos elementos presentes no ambiente de trabalho que podem causar danos ao corpo do trabalhador. Além de acidentes de trabalho, os riscos ocupacionais podem também ocasionar doenças ocupacionais adquiridas em longo prazo. 

Vale ressaltar que, segundo uma pesquisa realizada pela Agência Europeia de Segurança e Saúde do Trabalho (EU-OSHA), os trabalhadores das micro e pequenas empresas estão sujeitos a maiores riscos de acidentes e doenças do trabalho do que os trabalhadores das grandes empresas.

Acidentes de trabalho podem acontecer por uma série de fatores. Encontrar os motivos é fundamental para identificar onde a empresa está pecando, por falta de investimentos ou treinamentos, na segurança de seus funcionários.

São possíveis causas de acidentes:

  • Falta de concentração e atenção dos funcionários;
  • Cultura de distração entre as equipes;
  • Prazos muito curtos, que levam à execução apressada;
  • Falhas de segurança no recolhimento de detritos ou entulhos;
  • Pouca comunicação entre gestores e equipe;
  • Falta de investimento em manutenção e substituição de equipamentos;
  • Desobediência às normas de segurança no trabalho;
  • Inexistência de fiscalização para o cumprimento das normas de segurança;
  • Necessidade de treinamentos e cursos de reciclagem.

Cada um desses pontos se refere a uma fraqueza que pode custar muito ao caixa da empresa, nas formas de manutenções de emergência, acidentes, licenças médicas e atrasos na produção. Se visualizar bem, todas elas podem ser solucionadas com ações bem direcionadas de segurança no trabalho, principalmente em relação à conscientização dos envolvidos sobre a importância de respeitar as normas e regulamentações.

Com isso, os maiores benefícios da segurança do trabalho podem ser: 

  • Diminuição dos riscos de acidentes no trabalho;
  • Aumento da produtividade; 
  • Elevação da motivação da equipe;
  • Redução dos custos;
  • Garante mais responsabilidade social.

As normas de segurança foram desenvolvidas para serem seguidas à risca e garantir a saúde dos empregados. Cabe ao Ministério do Trabalho e Emprego orientar e fiscalizar as empresas quanto ao atendimento e ao cumprimento das normas de segurança estabelecidas.

O Ministério do Trabalho tem o poder de interditar estabelecimentos, máquinas e processos, aplicar multas e sansões, além de embargar obras ou quaisquer atividades que ofereçam condições de risco grave e iminente para a integridade física e a saúde dos trabalhadores. Todas as atividades da segurança do trabalho são regidas pela portaria número 3.214 do Ministério do Trabalho, que estabeleceu as Normas Regulamentadoras compostas por 36 normas, decretos e leis.

Tais normas determinam como deve ser desenvolvido o trabalho da segurança em cada tipo de empresa, como deve ser dimensionado o quadro de funcionários e também as sansões e penalidades impostas, em caso de descumprimento da lei.

Além disso, são vários os documentos que devem ser elaborados e com os quais é essencial estar em dia para assegurar a proteção do trabalhador. Todos os programas têm não só o objetivo de atender a requisitos legais, mas também de garantir a saúde e a segurança ocupacional.

Alguns dos principais documentos são: o PPRA (Programa de Riscos Ambientais): elaborado para minimizar os riscos no ambiente; o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional): procura fazer diagnósticos precoces e manter o controle para a prevenção de doenças; e a AET (Análise Ergonômica do Trabalho): avalia a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológica do trabalhador. 

Cada documento tem sua importância, aplicabilidade e foco. Todos são fundamentais e, desse modo, vale qualquer investimento para se manter a regularização em dia, pois isso comprova a boa intenção e a consciência da empresa em relação à segurança do trabalho.

Com isso, é possível perceber que quando se trata de segurança no trabalho, nenhum investimento é em vão. Por mais que os custos com segurança no trabalho pareçam supérfluos, é importante ressaltar que o ambiente de trabalho seguro traz grandes benefícios para a empresa.

É essencial, portanto, que os empreendedores, tanto os micros quanto os grandes, percebam que um bom desempenho da equipe responsável garante que o ambiente de trabalho esteja seguro e mais produtivo, reduzindo licenças e afastamentos por questões médicas, além de seguir a lei e evitar penalizações onerosas.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *