• (21) 97055-8232

A IMPORTÂNCIA E VANTAGENS DA ELABORAÇÃO DO PGRS PARA EMPRESAS

Entenda o que é o PGRS, quem deve elaborar, o porquê é tão importante para as empresas e quais vantagens as empresas podem tirar sobre a elaboração do PGRS.

O que é o PGRS?

O Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) é um documento técnico que identifica a tipologia e a quantidade de resíduos gerados por empresas, indústrias ou estabelecimentos, descrevendo quais práticas e ações devem ser tomadas, de acordo a lei n° 12.305, de agosto de 2010, para coleta, manejo, acondicionamento e disposição final desses resíduos.

Quem deve elaborar o PGRS?

De acordo com o Art. 20° da PNRS, estão sujeitas à elaboração do plano:

  • Geradores de resíduos sólidos dos serviços públicos de saneamento básico, geradores de resíduos industriais, geradores de resíduos de serviços de saúde e geradores de resíduos de mineração;
  • Estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços que gerem resíduos perigosos, mas que não se enquadrem como resíduos domiciliares;
  • Empresas de construção civil;
  • Geradores dos resíduos de serviço de transporte;
  • Os responsáveis por atividades agrossilvopastoris.

A importância de elaborar um PGRS:

Além de constar na lei a obrigatoriedade da elaboração do PGRS para algumas empresas, que podem sofrer com multas e até paralização das atividades por falta do PGRS, a importância da elaboração do PGRS se dá pelo aumento da geração de resíduos sólidos pelo mundo, o que causa grandes impactos ambientais, poluição visual nas cidades e proliferação de epidemias. Para ter uma noção, de acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU) são geradas, anualmente, aproximadamente 2,2 bilhões de toneladas de resíduos pelo mundo e é esperado que até o ano de 2050 esse número chegue a aproximadamente 4,0 bilhões de toneladas se esse crescimento se mantiver, por isso se torna essencial à elaboração do PGRS para as empresas.

Vantagens do PGRS:

  • O diagnóstico da fonte de geração dos resíduos sólidos, presente no PGRS, também ajuda a avaliar o desempenho e desperdício da matéria-prima o que consequentemente diminui os custos com a matéria-prima;
  • Redução dos custos com transporte e disposição final dos resíduos já que com a elaboração do documento é feito o diagnóstico da fonte e da geração dos resíduos. Além disso, o documento ajuda com a diminuição da geração dos resíduos, o que diminui também os custos de destinação final;
  • Com a redução da geração dos resíduos, consequentemente há a prevenção ambiental e controle dos impactos ambientais;
  • No documento é descrito características do resíduo, como quantidade, tamanho, tipo e localização dos equipamentos de segregação, essa descrição ajuda a reduzir os custos com equipamentos para armazenar os resíduos;
  • Por estar dentro da lei com o PGRS, há o maior reconhecimento e melhora da imagem da empresa.

Artigo por Gabriella Waite